Sobre amar e odiar

25 abril

Sobre amar e odiar

Há coisas que amamos e há aquelas que odiamos, mas qual será a grande diferença entre elas? Por que amamos o verde e odiamos o amarelo? Por que há coisas que amamos tanto, mas lá no meio tem uma coisinha que nos faz odiar?
As vezes rola aquela loucura, aquela explosão e a gente parte pra um "Chega, desisto", aquelas situações que nos arrastam ao limite, que nos fazem perder a vontade de seguir em frente, que nos faz jogar todo o empenho no lixo, porque simplesmente, o amor vai se perdendo aos poucos. De repente, aquele projeto lindo se torna uma tolice, perde o propósito, são tantos contras, que os pós se tornam contras também.
Sabe quando uma coisa é maravilhosa e de repente, do nada, pequenas coisinhas vão minando, ao ponto daquele sensação de amor, vai se tornando minúscula e você chega naquele patamar de desistir, porque aquilo te faz mais mal que bem?
Voltando ao foco, a diferença entre amor e ódio é tênue, é como se ambos fossem uma coisa só, amar e odiar são próximos, o que uma tem de bom o outro tem de nocivo, são polos de uma coisa só, o bem estar, de um lado o amor te faz feliz, enquanto do outro, o ódio vai estragando toda a experiência.
A respeito do que se deve fazer, quando se sente que amor está virando ódio, o ideal é colocar na balança, ver qual está valendo mais a pena e escolher, se o ódio prevalecer, vai ser ruim pra você, não se deve levar adiante coisas que não fazem nenhum bem, então, em muitos casos o melhor é deixar pra lá, é se desfazer do que faz mal e seguir em frente.
Não deixe o ódio consumir seus sonhos, se perceber que ele irá, recomece, não é feio desistir, feio é insistir e não estar feliz. Sonhe novos sonhos, crie novas metas e deixe as experiências ruins para trás!




Você pode Gostar Também

2 comentários

  1. Lindooooooooooooo. Que frase é essa gente?! "Sonhe novos sonhos, crie novas metas e deixe as experiências ruins para trás!", "[...]são tantos contras, que os pós se tornam contras também.". Ameeeeeeiii, que profundo! parabéns. De fato, a solução é deixar tudo em completo equilíbrio!

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita! Já que parou alguns minutos para ler esta postagem, deixe um comentário para que eu saiba o que você achou.

Por favor, não faça spam nem comentários agressivos e grosseiros, este lugar foi criado com o intuito de trazer coisas boas para o mundo, se não gostou do conteúdo não ofenda.